12 maio 2010

Alex Roman - The third & The seventh

5 comentários:

Voltaire disse...

...este alex roman, um dia trabalhará para mim! lol
este filme foi-me apresentado há uns dias, mas depois de perceber o que era... :O
senhores, isto são renders!! é tudo imagem criada digitalmente, o homem só se dedica a isto...conseguisse eu apresentar assim os meus projectos...caraças...

OGC disse...

Hmm, não foi há "uns dias". O João já me tinha falado deste filme, e há umas semanas mostrou-mo. Desconhecia que eram render, porém. Fico algo desiludido. Mas é engraçado, ainda assim. Sobretudo visual/esteticamente, uma vez que não transmite realmente nenhuma relação das pessoas com aqueles espaços.

joana alla bolognese disse...

Uau!
Não percebo muito disto: quão difícil é fazer algo assim? Basicamente, como se faz, Sérgio? É assustador..

Pablo Chicasso disse...

não sei exactamente quao dificil e fazer isto. so sei k e mt de certeza. mas se procurares entre os videos sugeridos no fim tem um making of.

Voltaire disse...

só agora voltei aqui e vi a pergunta joana!

é muito muito dificil fazer algo assim, normalmente até só se faz "fotografia" e não vídeo. No entanto, grande parte dessa dificuldade prende-se com a paciência necessária para acertar luz, cor e texturas no sentido que a imagem pareça real.

De qualquer forma para este homem isto deve ser feito com grande rapidez, o facto de de alguma forma ter feito disto profissão deve-o ter levado a desenvolver uma metodologia única, e digamos que é dos melhores exemplos que podemos ter de um processo de renderização, tanto que ele se aventura no video e nas variações de luz, pluralidade de texturas, imprime elementos activos (a imagem do reflexo do avião em movimento no Guggenheim de Bilbao p.e.) ele complica ainda mais as coisas e depois joga-as criando "atmosfera"

é lindo!! lol

**