13 janeiro 2007

A Ameaça Continua







A exposição, por excelência de outra galáxia, chegou ate nos em Setembro. Actualmente está no museu da electricidade em Lisboa, onde permanecerá ate dia 14 de Janeiro, para desvendar os segredos por detrás do mito.

Desde o famoso duo de robots R2-D2 e C3PO até ao negro capacete de Darth Vader esta exposição contem o essencial par satisfazer a curiosidade dos fãs, que ainda assim, pedem mais, muito mais.

Naves espaciais, roupas e modelos das personagens, maquetes de cenários extraterrestres e até mesmo os famosos sabres de luz são parte do que se pode encontrar. Não devemos também esquecer os pequenos mas completos documentários que explicam a criação de personagens, cenários e de todo um ambiente soberbo que delicia milhões.

Acompanhada por um roteiro sonoro, que nos inclui no ambiente sinistro vivido no filme esta exposição é sem duvida alguma, uma das mais fabulosas que já vi, e que aconselho inteiramente a ser visitada.

Tal como diz o Flyer da exposição, existem segredos por detrás da força que todos desconhecemos, e que depois de conhecermos, nos levam a querer rever os filmes outra vez na esperança de captar aquilo que mais ninguém imagina poder lá estar.


May the force be with you.



4 comentários:

Carolina disse...

adorei descobrir os truques com que eles tão habilmente nos enganam... principalmente o que usaram para dar a ilusão de uma multidão a assistir às corridas de podracers:
contruíram umas bancadas em ponto pequeno, com muitas bolsinhas de diferentes cores feitas de algodão (pareciam as cabecinhas de cotonetes) e de dentro das bancadas saía ar para encher essas bolsinhas e fazer com que se movessem e parecessem uma multidão agitada. é sublime descobrir estes pequeninos truques, e também tudo o que levou à produção de uma obra assim.
como se pode ver... adorei!

Ricardo do Padrão da Légua disse...

grande David, Cmo tás?
t bm eu fui ver essa tão falada expo do mundo fantastico que teve lugar ha mto tempo atras, numa galaxia (agora menos) distante.
devo dizer que adorei o ambiente em que estva inserida- o museu da electricidade é, provavelmente, o melhor lugar para se fazer aquilo, assim como todos os pormenores que foram desvendados, desde os 350000 homens feitos de "cottonetes" até aos esboços do storyboards e a "aditional art". Mais do que isso amei o facto de terem feito estudos sobre as (im)possibilidades do filme: eu sei que estamos em artes e eu proprio não atingo totalmente a brutalidade desta curiosidade, mas, segundo um dos estudos, para o imperador, no episódio VI ter conseguido tal descarga de raios sobre luke skywalker, seria necessário que o corpo do primeiro tivesse uma diferença de potencial de mais de 20 000 000 V ( vinte milhoes de volts) do que o segundo. bem, resta-me desejar-vos a todos, mais uma vez, os parabens pelo blog e, ja agora, requisitar-vos a presença na exposição da minha escola (acho que ja receberam os papel), brevemente entrarei em contacto convosco e é possivel que vos faça uma visita.
Abraço

David Gonçalves disse...

Então Ricardo à tanto tempo.

Não ainda não recebemos o papel mas penso que é uma exposição a não perder.

Aproveito, também já agora para te convidar a ti e aos teus amigos para virem a nossa escola ver a nossa exposição também.

Falando do STAR WARS, sublime mesmo.
Eu também me dei ao trabalho de ler as curiosidades que envolviam estudos como esses da carga eléctrica dos corpos.
E achei particularmente interessante o facto de eles terem andado a observar um elefante e a sua forma de locomoção para criar os AT-AT (a imagem que acompanha o texto). Agora os cotonetes...

Ricardo um abraço, vai dando noticias

Pablo Chicasso disse...

ja recebemos o papel sim senhor e esta tudo tratado. os alunos ainda nao estavam todos informados mas a professora ja estava ao corrente.

qt aos pormenores de ciencia em star wars acho que é dakelas coisas em que não é assim mas eu digo: deixa la´, é mais giro assim. que seria dakeles combates no espaço se fossem mudos?