04 março 2009

Aires Mateus - Casa da Música


Na comemoração do seu primeiro aniversário, a DARCO Magazine apresenta dia 7 de Março pelas 21.00h, na sala Suggia (grande auditório), a conferência de arquitectura cujo gabinete convidado é: "Aires Mateus & Associados".

Serão apresentados alguns dos últimos trabalhos desenvolvidos pelo gabinete e será também o lançamento da DARCO Magazine 07 - Monografia Aires Mateus.

Esta edição especial de capa dura, com 240 páginas estará disponível para aquisição.

O evento contará ainda com a presença de um DJ e projecção de imagens no "foyer" da Casa da Música.


Apoios de organização: OASRN e "a.oficina"

CUSTO: 5€


7 comentários:

OGC disse...

Sim! Atira-me à cara que eu não vou porque tenho entrega! Atira!

xD

AAAAAHHH! Nunca mais é de hoje a 8! :/

Voltaire disse...

eu vou e tu n!!

TOMAAAAAAAA!!! :D :D

(pronto, já atirei!! ahahah xD)

Voltaire disse...

btw, só pa dizer 5€ é munto caro!!

1000$00 por uma conferência?! depois venham-me dizer que a arq é pa todos!!

ó menos souto no "o que aprendi com a arq?" teve entrada livre e o siza vai ter, pk raio estes n...? vão dar chocolatinhos como prenda é? aie u canecooo...

OGC disse...

Então, então? Rescaldo, rescaldo? :)

Marys' disse...

A conferencia foi interessante. foi-nos apresentadas algumas obras dos Aires Mateus, explicadas apenas por um dos irmãos, porque o outro foi lá só marcar presença! Nas obras deles, percebe-se claramente que eles defende a arquitectura a partir do que existe. Respeitam muito as pré-existencias e jogam com elas. e não estou de acordo com o que o mediador, (acho) Luis Taveira, disse de que a arquitectura deles não eram contemporanea. E acho que é, e bastante. Não é pelo facto de não construirem em locais compeltamente novos e em não deitarem a baixo tudo o que já existe, que deixe de ser contemporaneo.
Em geral, foi interessante ver a sala principal da Casa da Música cheia, apesar de ninguem ter participado com questoes ou comentarios.

Sergio disse...

participasses tu!! xD

foi interessante realmente, não conhecia quase nada da obra dos dois irmãos, e assim até ficámos a perceber de ond se partiu para axar akelas soluções.

No que toca ao respeito pelo pré-existente complementando o ca marys disse, posso destacar o Museu do Conto, feito a partir da adaptação de um convento em Málaga, o respeito pelo convento foi tão grande que as alterações mais evidentes acontecem abaixo da cota do mesmo.

de qualquer forma foi estranho ter apenas o "manél" no palco a fazer a apresentação toda e o "chico" caladinho ao fundo da sala, quanto ao apresentador, parecia um pco deslocado e sem saber o k fazer, mas pronto, valeu pelos proj apresentados

(apesar de tudo gostava tb de ter visto +fotos dos resultados finais, já k a apresentação centrou-se mto em desenhos rigorosos e maketas)

Marys' disse...

eu acho que não havia imagens, pq eram projectos apenas, não construidos. Acho eu...